HTML, JavaScript, PHP, ASP, .Net, C#, MySQL, Ms. SQL ...

Turbinando o Moodle

Técnicas e dicas para aumentar o rendimento do LCMS Moodle

apache boas práticas ead moodle mysql

Para quem já implementou o Moodle, percebeu que o mesmo é rápido demais no ambiente de desenvolvimento, e lerdo demais na hospedagem. Vale como experiência minha...

Vamos lá.

1. Instale o Moodle em ambiente Linux/Apache, e evite o Ms. IIS/PHP5 Isapi

Não é a toa que o tempo de compilação das páginas do meu site caíram drasticamente, só pelo fato de trocar a linguagem. Sistemas rodando em servidores Linux são mais velozes que servidores Windows, principalmente em termos de linguagem PHP, isso sem falar na liberdade do .htaccess. O IIS aceita PHP, mas é a mesma coisa que um americano tentar falar português. É LENTO em aplicações com muitos usuários conectados.

2. Utilize subdomínio. Prefira moodle.seusite.com do que www.seusite.com/moodle

Se você já o instalou na 2ª opção, não se desespere!
- Abra o seu gerenciador de domínios na hospedagem, crie o subdomínio (moodle.seusite.com), apontando para a pasta /moodle.
- Acesse o arquivo config.php dentro da pasta /moodle.
- Altere o valor da variável [$CFG->wwwroot="http://www.seusite.com/moodle"] p/ [$CFG->wwwroot="http://moodle.seusite.com"].

Por que subdomínio? Simples. No subdomínio, podemos apontar as imagens e scripts utilizando apenas o caminho absoluto, conforme o item a seguir

3. Remova o domínio apontado nas folhas de estilos e JavaScripts

No modo convencional, as folhas de estilos CSS e JavaScripts estão apontando para o mesmo endereço de domínio.

 

Ao utilizar o subdomínio, podemos retirar a URL principal da seguinte forma:

 

Desta maneira, haverá redução de vezes que o navegador precisará consultar a tabela ARP - "DNS local" -  do seu computador, consequentemente a diminuição no tempo de carregamento da página.

Para retirar o endereço do site no HTML nas tags javascript, abra o arquivo /lib/javascript.php, e remova as variáveis [$CFG->wwwroot].

Faça o mesmo no arquivo /lib/weblib.php para retirar o endereço do domínio das folhas de estilos (CSS). Localize a variável [$CFG->pixpath], alterando o seu valor de [$CFG->wwwroot ."/pix"] para apenas ["/pix"]

4. Utilize MySQL

O PHP possui comunicação nativa com o MySQL. Há muito preconceito com o MySQL de profissionais acostumados com o padrão Microsoft (mal sabem a diferença entre as estruturas MyIsam e InnoDB!). Além de gratuito, o MySQL é extremamente veloz. Evite apontar para um servidor que esteja fora da mesma rede interna (LAN), ou seja, não deixe que o Apache conecte com o MySQL acessando uma rede externa (WAN).

 

Estas são apenas algumas dicas. Procure deixar a estrutura de configuração o mais simples possível. Desabilite o "Cache no banco de dados", evite o carregamento de arquivos pesados, edite sempre que possível os arquivos com conteúdos multimídia para que uma pessoa com a menor banda larga possa também acessar. Afinal de contas, o Moodle foi feito para unir o aluno do centro das metrópoles com a melhor banda larga, com o aluno de uma cidade remota do interior com a pior banda larga Speedy.

TAGs

ajax arquivo asp boas práticas classe conexão sql connection string cursor location desativar programas erro cs0246 função global.asa global.asax google gráfico include rewriterule upload url amigável url rewrite


2010 - Leonardo Breda