HTML, JavaScript, PHP, ASP, .Net, C#, MySQL, Ms. SQL ...

Boas práticas para trabalhar com ASP - Parte II

asp boas práticas conexão sql função include recordset

Existem mil maneiras para fazer com que sua aplicação se conecte a um banco de dados, desde as piores, até as mais eficientes.

Uma delas é aquela que você cria os objetos de conexão, informa as strings de conexão, monta a query, lê os resultados e esquece que tem que destruir o objeto (é, infelizmente o Prof. Agnaldo esqueceu de comentar isso quando eu aprendi ASP na Impacta). No final do dia, você tem um computador de última geração com processador em 99% de uso e não sabe o que aconteceu.

No meu caso foi assim: meu primeiro programa foi montar um sistema que consultava uns dados no banco de dados, populava os mesmos numa tabela e fim de papo; quando a gente é iniciante, fica se gabando com aquelas páginas rodando no IIS com dados dinâmicos e esquece aquelas hospedagens gratuitas do tempo do Geocities.

Voltando para o programa, TODAS as páginas eu colocava logo na primeira linha um INCLUDE contendo os dados de conexão com o Banco de dados, e abria logo de cara, mesmo sem necessidade de utilizar Banco de Dados em algumas páginas.

 

O include CONEXAO.ASP seria este aqui:

 Set objConexao = CreateObject("ADODB.Connection")

 

'MySQL
objConexao.ConnectionString = "Driver={MySQL ODBC 3.51 Driver};Server=localhost;Database=leobredacom; User=root;Password=root;Option=3;"
objConexao.Open()

 

E esta seria uma página

<!--#include file="conexao.asp"-->

Olá, agora são <%=now()%>

 

 

Olha a tremenda merda que eu fiz: para escrever "Hello, Wordl!" não precisa de Banco de Dados.

 

E esta seria uma outra página, agora sim conectando a um banco de dados ;-)

<!--#include file="conexao.asp"-->

Olá, agora são <%=now()%>

<% strSQL = "SELECT ESTADO_DESC FROM TB_ESTADO WHERE PAIS='Brasil' ORDER BY ESTADO_DESC"
   set objRecordset = CreateObject("ADODB.Recordset") : objRecordset.Open strSQL, objConexao

   while NOT objRecordset.EOF%>

      Estado: <%=ObjRecordset("ESTADO_DESC")%><br/>

<% objRecordset.MoveNext : Wend : objRecordset.Close : set objRecordset = Nothing : objConexao.Close : Set objConexao = Nothing

%>

 

 

*DICA: Experimente colocar várias instruções na mesma linha E separadas por ":" (dois pontos). Assim não precisa ficar aquele monte de linha com apenas 3 palavras.

 

O resultado do Recordset acima faria retornar todos os Estados do Brasil. Mas ainda assim:

 

Estudando um pouco mais, tive a necessidade de descobrir uma maneira mais eficiente (eu não tinha usado a lógica) de contornar este problema.

Então faria assim:

 

E cada vez que eu preciso de consultar o Banco de Dados, faço esta rotina repetidamente, desta maneira:

 

O include CONEXAO.ASP

Dim objConexao
sub abreconexao()

    Set objConexao = CreateObject("ADODB.Connection")
    objConexao.ConnectionString = "Driver={MySQL ODBC 3.51 Driver};Server=localhost;Database=leobredacom; User=root;Password=root;Option=3;"
    objConexao.Open()

end sub


sub fechaconexao
    objConexao.Close : Set objConexao=Nothing
end sub

 

 

Já esta página, agora TODA VEZ QUE preciso conectar ao banco de dados, chamo a função abreConexao()

<!--#include file="conexao.asp"-->Olá, agora são <%=now()%>

<% strSQL = "SELECT ESTADO_DESC FROM TB_ESTADO WHERE PAIS='Brasil' ORDER BY ESTADO_DESC"
   call abreConexao() : set objRecordset = CreateObject("ADODB.Recordset") : objRecordset.Open strSQL, objConexao

   while NOT objRecordset.EOF%>

      Estado: <%=ObjRecordset("ESTADO_DESC")%><br/>

<% objRecordset.MoveNext : Wend : objRecordset.Close : set objRecordset = Nothing : call fechaConexao()%>

 

 

Este é um método eficiente de conectar ao Banco de dados APENAS quando desejamos.

 

 

No próximo POST, estarei incrementando este artigo, na qual é possível montar uma GRID separando o HTML do ASP - ver Spaghetti.

TAGs

ajax arquivo asp boas práticas classe conexão sql connection string cursor location desativar programas erro cs0246 função global.asa global.asax google gráfico include rewriterule upload url amigável url rewrite


2010 - Leonardo Breda